Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

quatro de treta e um bebé!

"Não me digam que concordam comigo! Quando as pessoas concordam comigo, tenho sempre a impressão de que estou errado." – Oscar Wilde

quatro de treta e um bebé!

"Não me digam que concordam comigo! Quando as pessoas concordam comigo, tenho sempre a impressão de que estou errado." – Oscar Wilde

28
Mar21

Barriga vazia não conhece alegria #6 Tarte de Frango

quatro de treta e um bebé

Olá pessoas!

Hoje é dia de receita!

Publicámos esta semana umas fotos de uma tarte no instagram. Cá por casa é uma receita muito apreciada, especialmente porque foi criada para acabar com os restos de frango de churrasco. Por cá, é raro comer-se o peito do frango, por isso quando compramos frango de churrasco temos sempre que fazer qualquer coisa para o transformar e os aproveitar e, numa dessas vezes decidi fazer uma tarte! 

É super simples. E o melhor é que dá para fazer com o que quiserem. Frango, peru, camarão, legumes, é a vossa vontade e imaginação que mandam.

Vão precisar (para a de frango):

- frango aos pedacinhos/desfiado/triturado (o que quiserem);

- cogumelos;

- azeite;

- cebola;

- alho;

- vinho branco;

- sal;

- leite (o leite que preferirem: leite normal, de amendoa, de aveia, até cajus demolhados e triturados em agua!);

- farinha maizena;

- limão;

- pimenta preta;

- noz moscada;

- alho francês (opcional);

- broculos (opcional);

- duas massas folhadas (redondas - opcional);

Na verdade, quase tudo nesta receita é opcional. Eu própria a faço sempre de forma diferente, umas vezes com umas coisas outra vezes com outras.

O que faço sempre é refogar uma cebola grande (eu adoro cebola, atenção), alho em pó ou um dente de alho com azeite. Quando já estiver bem caramelizado ponho um pouco de vinho branco (lamento mas nao consigo dar quantidades de nada porque faço sempre tudo a olho) mas eu diria meio copo de vinho branco. Deixem o vinho evaporar. Ponham o frango e os cogumelos, os broculos e o alho frances e deixem cozinhar um bocadinho. Depois, numa taça ponham um pouco de farinha maizena (eu diria duas colheres de sopa) e desfaçam a farinha com o leite. Ponham dentro da frigideira onde têm o frango e o resto dos ingredientes e acrescetem leite (por norma uso sempre um litro de leite). Adicionem sal q.b, noz moscada, pimenta (tudo a gosto) e umas gotas de meio limão (podem por as especiarias que mais gostam, por exemplo pimentão doce, outro tipo de pimentas, louro, o que quiserem). deixam tudo apurar e engrossar o molho. Quando o preparado tiver uma consistencia cremosa (mas nao muito cremosa, não se esqueçam que ainda vai ao forno) apagam porque é hora de colocar na forma já previamente preparada com uma das massas folhadas. 

Compro sempre massa folhada fresca, redonda, que é so retirar e colocar na forna. Pico a massa com um garfo e junto todo o preparado. A seguir ponho a segunda massa folhada por cima, junto os cantos de ambas as massas e vai ao forno durante cerca de meia hora a 200 graus. Por norma nos ultimos 10 minutos uso o forno em ventilação. 

Et voilá, tarte de frango preparada. Numa hora têm uma refeiçao saborosa e facil de fazer.

Podem optar por fazer só com legumes, ou por exemplo com camarões e delicias do mar e até juntar um bocadinho de caldo de camarão por exemplo para ter um paladar mais forte a marisco.

Façam e mostrem-nos como ficou!

F. 

 

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D