Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

quatro de treta e um bebé!

"Não me digam que concordam comigo! Quando as pessoas concordam comigo, tenho sempre a impressão de que estou errado." – Oscar Wilde

quatro de treta e um bebé!

"Não me digam que concordam comigo! Quando as pessoas concordam comigo, tenho sempre a impressão de que estou errado." – Oscar Wilde

08
Mai19

Um marido, uma filha e uma casa

quatro de treta e um bebé

E não é que uma pessoa agora é que dá valor à “mamã” que fazia tudo e tudo (e ainda reclamávamos)?
Pois é. A vida de casa é ligeiramente diferente. Diga-se: totalmente. Antes chegava a casa, descalçava-me enquanto percorria o caminho para o sofá, às vezes adormecia até ao jantar e acordava já a mesa estava posta e o jantar na mesa, enquanto soava ao fundo uma voz doce e terna: “está pronto, come, pelo menos, alguma coisa”.
Agora é parecido. Chego a casa, carregada com a filha ao colo, depois de ter ido às compras, entro, arrumo tudo, ponho a miúda a ver a milagrosa BabyTv durante uns minutos, o papá prepara a água do banho, eu dou um jeitinho a tudo, ponho o pijama, chego-lhe creme, visto -a, ponho a sopa a aquecer, sento-a na cadeira, dou-lhe a sopa, entretanto o T. já vai fazendo o jantar. Eu continuo no “mais uma colher”, depois vem a hora do mimo. Encosta, rebola, brinca, puxa cabelo e adormece. Jantar pronto, mesa posta. Vamos jantar. Jantamos. Benedita acorda, abre a pestana, quer brincar, lá vamos nós dar o litro mais um bocadinho (porque o dia de trabalho até foi brando - mentira!). 21h30. Fazer o leite, mudar a fralda, deitar a Benedita, dar-lhe o leite, e por fim... a magia acontece: ela adormece e só acorda de manhã.
Na maioria das vezes, adormeço com ela! Outras, ainda venho para o sofá com o T. acompanhar os 1001 programas de futebol e receber mimo. Outras venho escrever para vocês que desesperam por um post (riso).
Posto isto, e contas feitas: apesar do descrito, não há coisa melhor do que a nossa família e o amor que nela se vê crescer de dia para dia.
É tão bom. É tão nosso.
Beijinhos,
S.

20
Nov18

20.11.2017

quatro de treta e um bebé

20.11.2017

Faz precisamente HOJE, 1 ano, 365 dias que soube que estava grávida e que vinha a caminho um rebento.
Mal sabia eu como tudo na minha vida mudaria. E para tão melhor.
Não me imagino a viver sem a B. Não mesmo. É o melhor da vida, o melhor de nós. “Tanto cliché”, pensam vocês. Eu pensava o mesmo até ter a minha boneca comigo.

3.jpeg

 

Revivendo, e recordando... dia 20.11.2017 estava eu já com alguns dias de atraso e pedi à minha mãe (técnica de análises) que me levasse urina para o laboratório.
Pois é, e não é que aconteceu o mais caricato de sempre?
A minha mãe soube primeiro que ia ser avó, do que eu que ia ser MÃE.
Enquanto aguardava o resultado fui trabalhar num turbilhão... até que a minha mãe me liga de voz trêmula e me pede para descer.
Assim que os nossos olhares se cruzam e de lágrima no olho, diz-me enquanto me abraça “vou ser vóvó”.
Foi na rua, ao som do trânsito matinal, em frente ao meu escritório, que se deu o grande momento e o dia que nunca mais esquecerei.
Depois de saber que estava grávida, subi as escadas do meu escritório, sentei-me na minha cadeira e não consegui concentrar-me o resto do dia. Que feliz que estava! E que ansiosa que estava por partilhar.
Era altura de contar ao Papá T. que íamos passar a ser 3 e que o mundo de fraldas, biberões e leite chegava em breve.
Convidei-o a almoçar comigo e escrevi lhe numa ardósia “adoro-te Papá”.

1.jpeg

2.jpeg

 

 

Abraçou-me intensamente e de sorriso rasgado deixou escapar umas lágrimas. Lembro-me como se fosse hoje desse abraço.
Um ano passou, e hoje temos cá a princesinha que “deu causa” a tudo isto. Imaginei que fosse bom, só não sabia que seria tão maravilhoso.


Em breve contar-vos-ei como dei a conhecer a amigos que a B. viria a caminho. Fiquem atentos.

S.

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D